impacto ambiental
08 fev

Cuidar da nossa saúde e beleza é muito bom e essencial, mas já parou para pensar em além de cuidar de nós, cuidar também do meio ambiente?
VIDEO:

A indústria de cosmético convencional utiliza mais de 10 mil substâncias químicas em seus produtos e processos. Essas substâncias são conhecidas como POP’s (Poluentes Orgânicos Persistentes). Os POP’s são substâncias que demoram para se degradarem e são encontradas nos rios e mares. Com isso os rios, mares, fauna e flora são atacadas e sofrem com a poluição.

Diversas empresas fabricam produtos cosméticos convencionais contendo minúsculas partículas esféricas de plástico, podemos citar como um grande poluente, os famosos esfoliantes utilizados para fazer uma limpeza profunda e eliminar as células mortas das nossas peles, mas que por outro lado é altamente tóxico para os oceanos.

As micropartículas são feitas de polietileno (que são micro plásticos). Essas partículas por serem muito pequenas, passam pelos ralos e pelo tratamento de esgoto e são posteriormente despejados nos rios e mares.

Nos oceanos e nos lagos essas micropartículas podem ser ingeridas pelas espécies como, por exemplo, os peixes. A ingestão afeta a saúde do animal e além disso, ao ingerirmos como alimento, podemos nos contaminar também, pois a química dos produtos se acumulou nos tecidos dos animais.

Em 2012 foi realizado um estudo em Nova York sobre a poluição dos oceanos e constataram que cerca de 19 mil toneladas dessas micropartículas são descarregadas nas águas da cidade. Um outro estudo mostrou que 36% dos peixes do Canal do Mancha (entre a Inglaterra e a França) também estão contaminados pelas partículas.

Agora, você deve estar pensando que não poderá mais cuidar da sua pele, certo? Se você não consegue abrir mão da esfoliação, pense em usar métodos caseiros que utilizam açúcar, café ou sal. Uma outra opção é utilizar no lugar do cosmético convencional, cosméticos naturais que utilizam em sua composição cristais de quartzo, farelo de arroz, argila ou pérolas de cera.

Não deixe de assistir ao vídeo anexo a esse post para saber mais sobre o assunto!

Cuide de você, mas não se esqueça, cuide também do ambiente em que você vive 🙂

Deixe um comentário